Voltar

Fábrica de Conteúdos

Após analisarmos as necessidades do nosso cliente, o perfil do seu público-alvo, os objetivos instrucionais e interpretar e organizar o conteúdo, utilizando a comunicação mais adequada à cultura organizacional, o Instituto utiliza o conceito de “Fábrica de Conteúdos” para atender qualquer instituição que necessite de uma grande demanda de produção de cursos à distância.

Com uma equipe com competências multidisciplinares, o que permite uma grande qualidade instrucional, e por meio de metodologia própria, que padroniza processos e rotinas garantindo a produção de cursos “em série” com qualidade, agilidade no atendimento, produção e entrega de conteúdos, reduzimos os custos de produção, mantendo a qualidade final, num cronograma físico-financeiro pré-definido.

O Instituto é especialista em adaptação de conteúdos para e-learning com seriedade e responsabilidade necessita de uma avaliação do projeto pedagógico para estabelecer valores para adaptação dos conteúdos. Trabalhamos com o seguinte fluxograma:

   • Fase de Análise: É à base de todas as outras fases. Durante esta etapa o problema deve ser analisado, as fontes do problema devem ser identificadas e as possíveis soluções devem ser determinadas. Suas saídas são as entradas para a fase de projeto.

   • Fase de Projeto: Envolve a definição de como alcançar os objetivos determinados durante a análise e expandir a fundamentação instrucional. É parte desta etapa: descrever a população alvo, conduzir a análise da aprendizagem, escrever os objetivos e itens de teste, selecionar o sistema de saída e dar seqüência à instrução. É necessário que, nesse ponto, sejam respondidas uma série de questões para estabelecer um valor adequado ao projeto, por exemplo:

       • Quem indica e paga os autores?
       • Qual a familiaridade do autor com EAD?
       • Divisão no projeto pedagógico das ferramentas a serem utilizadas?
       • Equação síncrona e assíncrona?
       • Haverá produção de vídeos?
       • Utilização de desenhos ou imagens?
       • Qualidade e “tamanho” dos áudios? Etc.

   • Fase de Desenvolvimento: Tem como suporte as fases de análise e de projeto. O objetivo é gerar o plano e os materiais da lição. Nesta fase serão desenvolvidas a instrução, as mídias usadas e a documentação. Pode-se incluir também hardware e software.

   • Fase de Implementação: Refere-se à efetiva entrega para uso da instrução. Esta fase deve fornecer aos alunos compreensão do material, suporte aos objetivos e garantia aos alunos da transferência de conhecimento do conjunto instrucional para o trabalho.

   • Fase de Avaliação: É a fase que mede a eficiência da instrução. Deve ocorrer ao longo de todo o processo do design instrucional - dentro das fases, entre as fases e após a implementação. A avaliação pode ser formativa ou somativa. Avaliação formativa ocorre durante e entre as fases. Avaliação somativa, em geral, ocorre após a versão final da implementação.